sexta-feira, 1 de maio de 2009

Preconceito....NÃO!

A palavra PRECONCEITO no dicionário tem três significados:

1° - Conceito ou opinião formados antes de ter os conhecimentos adequados.

2° - Superstição que obriga a certos atos ou impede que eles se pratiquem.

3°- Antipatia ou aversão a outras raças, religiões, classes sociais etc.

Na minha concepção é muito mais que isso...é a ignorância daqueles que não conhecem, ou melhor, que não querem conhecer o outro, o diferente. Há uma espécie de preconceito espontâneo em relação a tudo que é diferente ou desconhecido. O que não deveria ocorrer afinal é com o diferente que aprendemos ou que temos muito a aprender. O preconceito pode ser motivado pelo medo. Muitas vezes falta a coragem de conhecer o novo, o diferente, a outra cultura...isso é bobagem! O bom mesmo, o legal da vida é conhecer todas as coisas, todas as raças, todas as culturas, todas as cores, todas as líguas, todas as pessoas...enfim tudo que existe nesse mundo! Esse vídeo é um exemplo de como nós seres humanos julgamos as pessoas sem conhecê-las... pois o que essa mulher mostrou foi que todos são capazes de sonhar, de ser e ter aquilo que desejam. Tudo é possível, basta....querer! Não importa o que os outros pensem, o importante é confiar em si mesmo. Como diz a música do Renato Russo: "Tem gente que está do mesmo lado que você, mas deveria estar do lado de lá... Tem gente que machuca os outros, tem gente que não sabe amar... Tem gente enganando a gente....veja a nossa vida como está... Mas eu sei que um dia a gente aprende...se você tiver alguém em quem confiar... CONFIA EM SI MESMO....QUEM ACREDITA SEMPRE ALCANÇA!" Essa mulher confiou nela mesma e acreditou que era capaz! Todos deveriam ser como ela... um exemplo de capacidade e de que vale a pena sonhar!

video

Um comentário:

  1. Posso talvez não ser muito vivido e talvez não ter tanta experiencia assim, mas algo que a vida me ensinou foi que devemos sempre esperar que as pessoas nos surpreendam, as vezes fico quando não sou surpreendido por pessoas que acabo de conhecer. Tento sempre fugir do preconceito e e ver além de meus dedos (ref.: K PAX). Esta mulher não só me surpreendeu com sua vóz, como me emocionou e demostrou ser um exemplo a ser seguido.

    ResponderExcluir